COLUNA TURISMO & NEGÓCIOS – Setembro 2018

SEMINÁRIO TURISMO MUNICIPAL

Em questão Regionalização e gestão, o contexto na comunidade, meio ambiente e inovação, pesquisa e financiamento são os temas principais do Seminário Catarinense de Desenvolvimento Turístico Municipal, dias 18 e 19 deste mês, no Plaza Caldas da Imperatriz Resort, em Santo Amaro da Imperatriz. O evento, promovido pela Federação Catarinense de Municípios (FECAM) e pelos Colegiados Regionais de Turismo das Associações de Municípios, receberá inscrições gratuitas até o dia 17.

REDUÇÃO ORÇAMENTO ESTADUAL  TURISMO – 2019

Documento  assinado por todos os 18 integrantes do Conselho Estadual do Turismo, órgão a quem compete discutir, deliberar e propor as diretrizes da política de desenvolvimento turístico do estado, seguindo as orientações e determinações contidas nas políticas governamentais, foi encaminhado ao deputado estadual  Leonel Pavan no inicio deste mês. Nele , o colegiado manifesta preocupação com a redução de 0,5% para 0,3% do percentual do orçamento estadual para o setor em 2019.  De R$ 133 milhões já considerado baixo para todo o sistema SO, incluindo as vinculadas FCC- Fundação Catarinense de Cultura, Fesporte e Santur, e os fundos de Turismo – Funturismo- Funcultural e Fundesporte , se mantida a previsão,  passará para apenas R $ 99 milhões.

TEMPORADA DE CRUZEIROS : BOA EXPECTATIVA

Boa previsão para a temporada de cruzeiros  no verão 2018\2019 de  Santa Catarina. O número de escalas de transatlânticos programadas para Balneário Camboriú já é 40% maior do que no último verão. Até agora estão confirmadas 28 paradas de cruzeiros pelo Atracadouro Barra Sul, contra 19 na temporada de estreia.

A expectativa é que o número de passageiros e tripulantes chegue a 120 mil. Se mantida a média de desembarques da última temporada, em que 66% dos turistas que chegaram a bordo dos navios desceram para conhecer a cidade e a região, pelo menos 80 mil pessoas devem passar por Balneário Camboriú _ o que representa, de acordo com cálculos a Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia/Abremar), a injeção de R$ 40 milhões na economia da cidade. A maioria dos cruzeiros que passarão por Santa Catarina farão escalas em Porto Belo e Balneário Camboriú.

( Foto –Divulgação )

CRUZEIROS II – MAIS TEMPO…

O setor de  cruzeiros marítimos também tem outro motivo para comemorar. O Decreto Presidencial número 9.500, publicado neste dia 10  de setembro último no Diário Oficial aumentou de 90 para 180 dias a validade do visto dos profissionais que trabalham nos navios em viagem de longo curso. O texto afasta o risco do Brasil ter uma temporada reduzida de 120 para 90 dias em 2018/2019. Pelas estimativas da entidade que representa os navios de cruzeiros, Clia Brasil , com base na última temporada, caso a duração da estada dos navios na costa brasileira fosse encurtada, a economia nacional perderia 7 mil empregos e R$ 450 milhões

CASSINOS E TURISMO

A proposta que prevê a legalização dos jogos de azar e a reabertura dos cassinos no país está pronta para ser analisada no plenário do Senado, mas segue dividindo opiniões na Casa. O PLS 186/2014, do senador Ciro Nogueira (PP-PI), autoriza a exploração de “jogos de fortuna”, on-line ou presenciais, em todo o território nacional.

Pelo substitutivo do senador licenciado Benedito de Lira (PP-AL) à proposta, a regulamentação contempla o jogo do bicho; vídeo-bingo e videojogo; bingos; cassinos em complexos integrados de lazer; apostas esportivas e não esportivas e cassinos on-line. O credenciamento para exploração do jogo de bingo e vídeo-bingo terá prazo de 20 anos, renovável por igual período, e será de responsabilidade dos estados. Já o dos cassinos terá validade de 30 anos, podendo ser renovado por sucessivos períodos.

Comente com Facebook