Prefeitura de Camboriú promove mutirão contra a dengue no Taboleiro

A Secretaria de Saúde de Camboriú, em conjunto com outras secretarias, vai realizar um grande mutirão contra a dengue no bairro Taboleiro. A ação será na terça-feira, dia 9, das 7h30min às 19 horas. A concentração será na escola municipal Domingos Fonseca. O trabalho será em todo o bairro, mas irá se concentrar em oito quadras no entorno da unidade de ensino, por ser o local onde há casos confirmados de dengue.

O mutirão será coordenado pelas Secretarias de Saúde e de Proteção e Defesa Civil. Cerca de 200 servidores municipais estarão envolvidos na ação.  Eles serão divididos em grupos de cinco pessoas, com um servidor de saúde em cada equipe. O mutirão também contará com o apoio de 40 veículos entre carros, máquinas e caminhões. Os trabalhos de logística serão coordenados pela Defesa Civil.

Serão realizadas vistorias em locais públicos, empresas privadas e residências. A ação inclui limpeza, retirada de lixo e entulho, orientação aos moradores e fiscalização intensiva. “Vamos fazer um verdadeiro pente fino em todo o bairro, o objetivo é eliminar os focos do mosquito Aedes Aegypti – transmissor da dengue. Para isso contamos com o apoio e colaboração dos moradores”, comenta a secretária de Saúde, Elisama de Freitas.

Cada morador pode fazer sua parte facilitando o acesso aos agentes endêmicos, em suas casas, e podem fazer a limpeza do seu terreno e eliminar qualquer tipo de água parada. “Neste bairro, em algumas casas, são captadas água da chuva. É importante que essa água, se não for aproveitada logo, seja esvaziada e o recipiente coletor seja limpo”, explica o coordenador do programa de dengue, Pedro Augusto de Mendonça.

A partir das 5 horas, uma ação de bloqueio de transmissão começará a ser executado nas ruas do bairro. Esse bloqueio é feito a partir da aplicação de veneno. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros também vão atuar no mutirão. “Os policiais darão cobertura nas vias públicas para orientar o trânsito e manter a ordem. O Corpo de Bombeiros poderá utilizar escadas para possíveis obstáculos de altura para eliminar focos do mosquito. E dentro do possível encaminhar efetivo para compor as equipes”, explica o secretário de Proteção e Defesa Civil, Hampel Vieira.

Comente com Facebook

Maria Varella Passos
Maria Varella, tem 25 anos de atuação na área de comunicação atuando em projetos de jornais, revistas e portais online em diversas regiões do pais.É a fundadora e proprietária do SC Hoje e atua como Editora Executiva do Portal. Email: [email protected] | Fone/WhatsApp:47 3311.2817