Procon de Camboriú fiscaliza comércio temporário no Congresso de Gideões

Ação visa coibir fraudes e propagandas enganosas. Fiscais farão vistorias até o fim do evento

O Procon de Camboriú intensificou a fiscalização em comércios temporários montados para o Congresso de Gideões na quinta e sexta-feira, dias 2 e 3. A ação visa combater fraudes e propagandas enganosas. Barracas de venda de alimentos também foram fiscalizadas para verificar possíveis cobranças irregulares. A equipe continuará o trabalho, com base no Código de Defesa do Consumidor, até o fim do congresso – no dia 6 de maio.

“Recebemos informações de que alguns comerciantes divulgavam uma oferta de 12 meias a R$ 10, sendo que o correto eram seis pares. Isso é propaganda enganosa e induz o consumidor ao erro”, declara o coordenador da Casa da Cidadania, Elizandro Amorim. “Como se trata de comércio temporário, repassamos apenas orientações aos vendedores. Em caso de reincidência, as medidas cabíveis serão tomadas”.

Comente com Facebook