TVAL estréia nova programação

A TVAL, a TV da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, estreia nesta terça-feira (28) uma nova programação. Além de divulgar as atividades dos deputados e do Parlamento estadual, a grade dará mais espaço para novos programas e conteúdos relacionados à história, à cultura e aos potenciais de Santa Catarina. Ela marca, ainda, os 20 anos de criação da emissora legislativa.

No jornalismo, o destaque é o retorno dos telejornais. Às 8 horas, entra no ar o Primeira Hora, com foco nas atividades que serão desenvolvidas na Alesc no decorrer do dia. Às 12h45, começa o Jornal do Parlamento e, às 18h45, será a vez do TVAL Notícias. Os noticiários vão enfocar as atividades desenvolvidas pela Alesc, com participação dos repórteres em entrevistas ao vivo.

Outros seis programas jornalísticos vão estrear na programação. Eles serão semanais ou quinzenais e vão abordar temas atuais sobre cidadania, avanços na área da saúde, inclusão, conquistas da mulher na sociedade, análise de temas atuais, relacionados com a política e a sociedade. Às sextas-feiras, o telespectador poderá acompanhar um resumo das principais atividades da Assembleia na semana.

A transmissão ao vivo das sessões plenárias, das reuniões das comissões permanentes e de audiências públicas realizadas no Palácio Barriga Verde prossegue normalmente. A TVAL também mantém em sua grade as reportagens especiais que destacam o potencial de Santa Catarina.

“A TVAL sempre se destacou pelo conteúdo que promove o nosso estado e já recebeu várias premiações por isso. Vamos continuar prestando serviço sobre o Parlamento, mas vamos ampliar o espaço pra veicular conteúdos que valorizam a história, a cultura, a tradição de nossa gente e que mostram o protagonismo de Santa Catarina nos mais variados aspectos”, afirma a coordenadora da TVAL, Gicieli Dalpiaz.

Audiovisual
Ainda este ano, a emissora vai premiar e exibir em sua programação séries e filmes no formato de documentário, que retratem aspectos históricos e culturais de Santa Catarina. A iniciativa consta em um concurso lançado pela Assembleia Legislativa, cujas inscrições vão até 27 de junho.

Serão selecionadas 30 produções, sendo séries e filmes. As obras deverão ser do gênero documentário, com argumentos e narrativas que abordem temas ligados à realidade histórica e cultural catarinense.

As séries selecionadas receberão premiação de R$ 25 mil cada, enquanto os filmes serão premiados com R$ 8 mil cada. Ao todo, a Alesc vai investir R$ 410 mil no fomento do audiovisual catarinense.

Saiba mais
A TVAL pode ser sintonizada pela TV a cabo, em 18 municípios catarinenses (confira a relação aqui). Na Grande Florianópolis, está disponível, também, em sinal aberto, pelo canal 61.3. A programação também pode ser conferida ao vivo, no site da TVAL.

Comente com Facebook