Inclusão Social oferece ajuda às pessoas em situação de rua em Balneário Camboriú

Equipes da Secretaria de Inclusão Social têm atuado nas ruas de Balneário Camboriú, com o apoio da Guarda Municipal, para convidar pessoas em situação de rua a aceitarem ajuda na Casa de Passagem, onde podem conseguir se reencaixar no mercado de trabalho, passagem para voltar para suas cidades natais, ou, então, serem encaminhadas para clínicas de reabilitação, se for o caso.

As equipes realizam esse trabalho tanto de dia, como de madrugada. Desde a segunda quinzena de maio até agora, já foram realizadas operações nos bairros dos Municípios, Vila Real, Nações e Centro, além das marginais da BR-101. Os profissionais usam a Prefeitura como ponto de partida para a realização do trabalho que muitas vezes atravessa a madrugada.

Para muitos, a oportunidade oferecida pela Secretaria de Inclusão Social pode ser o pontapé inicial em uma mudança de vida. Em média, 52 pessoas passam pela Casa de Passagem diariamente. No mês de maio, as equipes realizaram 1200 atendimentos. A população também pode auxiliar esse trabalho evitando a doação de esmola e entrando em contato com a central de atendimento 156 para resgatar essas pessoas.

“A campanha que promovemos desde o ano passado diz tudo: ‘Dar esmolas mantém ele na rua’, e isso é verdade. Com as abordagens conseguimos dar esperança e oportunidades a essas pessoas”, explica a secretária de Desenvolvimento e Inclusão Social, Christina Barichello.

Comente com Facebook