LIC: professores de escolas públicas recebem formação em cultura de paz em Balneário Camboriú

Por meio de um projeto patrocinado pela Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú (LIC), professores de escolas públicas da cidade estão praticando a cultura de paz.

A formação em cultura de paz e não violência começou em junho nas escolas Maria da Gloria Pereira, Francisca Alves Gevaerd, Laureano Pacheco, João Goulart e Ruizélio Cabral. Durante as formações, são utilizadas técnicas para aprimorar relacionamentos pessoais e profissionais e ferramentas como as práticas de Comunicação Não Violenta (CNV), exercícios de arteterapia e facilitação com o jogo Grok (jogo de apoio da CNV).

O Grok, jogo de cartas de sentimentos e necessidades, ficará disponível nas escolas após a formação para que os professores possam continuar as atividades com os alunos.

O projeto Cultura de Paz para uma Transição Cultural, da comunicóloga e agente de mudança Cristina Zimmermann, visa transformar os professores em polarizadores de uma comunicação empática e não violenta, que auxilie a criar ambientes seguros para lidar com conflitos intrapessoal, interpessoal e sistêmico.

A Comunicação Não Violenta é uma ferramenta para melhorar a qualidade das conexões feitas no dia a dia, por meio da autenticidade, transparência e resgate dos sentimentos e necessidades.

Informações e imagens sobre o projeto podem ser consultadas no Instagram @cult.paz.

Comente com Facebook