Mutirão quer zerar fila de espera para cardiologistas em Balneário Camboriú

Nesta segunda-feira (15), os idosos que aguardam na fila para consultas com cardiologistas começaram a ser chamados para atendimentos. Serão 20 consultas por dia em um total de 100 por semana, nesta primeira etapa, chegando a 200 quando as duas empresas contratadas estiverem operando.

A iniciativa é uma parceria entre as secretarias de Saúde e Pessoa Idosa. “Duas empresas foram contratadas para atender os 2.038 idosos que aguardam por consultas. O atendimento está ocorrendo no Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI) seguindo a fila, onde a prioridade é daqueles com mais de 80 e, depois, aqueles a partir de 60”, explica a secretária de Saúde, Andressa Hadad.

O secretário da Pessoa Idosa, Rosan da Rocha, ressalta que outras especialidades devem ser contempladas. “A lista deve ser zerada em 90 dias e, a expectativa é de que possamos acelerar a fila de espera de outras consultas até o fim do ano”, fala.

Vale ressaltar que os idosos devem ficar atentos às chamadas, para evitar perder a vaga.

Comente com Facebook