Decreto desativa as Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs)

A extinção das estruturas ainda depende da aprovação pela Assembleia Legislativa da reforma administrativa que o Executivo deve encaminhar em fevereiro

O decreto que desativa as 20 Agências de Desenvolvimento Regional (ADRs), ainda em funcionamento no estado, foi assinado pelo Governador Carlos Moisés da Silva (PSL). Na tarde desta segunda-feira (21) ele se manifestou nas redes sociais sobre a medida.

A extinção das ADRs foi pauta de debates na Assembleia Legislativa no ano passado. Dois projetos de lei propondo o fim das estruturas chegaram a tramitar ao longo de 2018, mas acabaram sendo arquivados.

Comente com Facebook