Festival da Canção de Balneário Camboriú está com inscrições abertas

A Fundação Cultural abrirá inscrições para 8º Festival da Canção de Balneário Camboriú, que vai ocorrer de 2 a 5 de dezembro, no Teatro Municipal Bruno Nitz. Foram lançados, na tarde desta segunda-feira (24), dois editais. Um deles é sobre a inscrição de composições e o outro, para a contratação da curadoria do evento.

O Festival da Canção premia composições de estilo livre, com música e letra, originais e inéditas e em língua portuguesa. As canções devem ser de autoria de compositores maiores de 18 anos e residentes em Santa Catarina.

A inscrição de composições tem de ser feita pela Plataforma Eletrônica de Interação Cultural (PINc), por meio do endereço www.culturabc.com.br/pinc, de 25 de setembro a 2 de novembro (até as 19h). Os interessados devem preencher uma ficha e inserir o material e documentos solicitados (material de áudio, declarações e carta de anuência, quando for o caso de coautorias e parcerias). Será cobrada uma taxa de R$ 15 por canção inscrita.

Na 8ª edição, o Festival recebe a colaboração da Câmara Setorial de Música do Conselho Municipal de Política Cultural. Entre as novidades para este ano, está a possibilidade de o interessado inscrever quantas canções quiser. O edital pode ser lido no link https://goo.gl/oN5RXr .

Nesta terça-feira (25), também serão abertas inscrição para profissionais da área de música integrarem a curadoria, avaliação e triagem do Festival. O prazo termina em 25 de outubro, às 19h. Podem se inscrever pessoas físicas ou jurídicas (exclusivamente na modalidade microempreendedor individual – MEI). Os serviços a serem prestados incluem a Comissão Julgadora e a Comissão de Triagem do evento. As inscrições devem ser feitas em duas etapas. A primeira será pelo endereço www.culturabc.com.br/pinc . Na segunda etapa, o candidato terá de enviar documentos complementares pelo e-mail [email protected] ou pessoalmente, na sede da Fundação Cultural. O edital pode ser lido no link https://goo.gl/cPKpYH .

“Quanto ao aspecto simbólico e ao valor cultural que o Festival traz para o cenário municipal da música, é importante ressaltar o perfil não comum na região, pois o evento se volta para a canção, a composição. O Festival se destaca também porque é realizado de maneira democrática, permitindo a participação de candidatos de todo o Estado”, diz a diretora de Interação Cultural da Fundação Cultural, Bia Mattar.

 

Comente com Facebook