Saúde de Balneário Camboriú oferece novo método de prevenção ao HIV

A partir desta quarta-feira (13), o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Centro Integrado de Solidariedade e Saúde (CISS) de Balneário Camboriú, oferecerão à população mais um método de prevenção ao HIV, vírus causador da AIDS. A Profilaxia Pré-Exposição (PrEP), como é chamada, é uma das oito ações combinadas de prevenção e deve ser empregada antes da pessoa ter contato com o vírus, por meio de comprimidos.

Trata-se da combinação de duas medicações (tenofovir + entricitabina) que tem a capacidade de reduzir o risco do vírus se instalar no organismo. Para que o tratamento dê certo, a pessoa deve tomar os comprimidos todos os dias. Vale lembrar que a PrEP não previne outros tipos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), então deve ser combinada com outras formas de prevenção, como o uso de preservativo.

“A PrEP vem para Balneário Camboriú como uma alternativa a mais na estratégia de prevenção de modo a contribuir para a diminuição de pessoas infectadas com o vírus do HIV. A camisinha continua sendo o método de Prevenção mais fácil de usar para se proteger do HIV e outras IST’s”, salienta a coordenadora do CISS/CTA Jacheline Hoffmann.

A PrEP é recomendada para quem tem mais chances de contrair o HIV, como pessoas que costumam ter relações sexuais desprotegidas, apresentam episódios frequentes de IST’s ou fazem uso repetido da Profilaxia Pós-Exposição ao HIV (PEP). A recomendação é procurar um médico antes de iniciar o tratamento.

A PEP já é ofertada pela Secretaria de Saúde, e pode ser procurada no Pronto Atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso (Rua Angelina, s/nº – Bairro dos Municípios), Pronto Atendimento da Barra (Rua Jardim da Saudade, nº 1500 – Bairro da Barra) e no CISS/CTA (Rua 2350, esq com 4ª Avenida, nº 560 – Centro). O tratamento da PEP deve ser iniciado até no máximo 72 horas após a suposta exposição ao vírus e mantido por 28 dias (deve-se procurar uma das unidades listadas o mais breve possível nesses casos).

Declaração de Paris

Balneário Camboriú assinou, em 2018, a Declaração de Paris, que tem como objetivo de atingir as metas 90-90-90 até 2020: 90% das pessoas que vivem com HIV sabendo que têm o vírus; 90% das pessoas diagnosticadas com HIV recebendo tratamento; e 90% das pessoas em tratamento antirretroviral com carga viral indetectável, de acordo com a declaração. Por isso, ações de prevenção na cidade são importantes para a contribuição e o fomento do compromisso de mobilização de recursos da saúde pública para a causa.

Comente com Facebook