Temporal alaga ruas e causa estragos em cidades da região de Balneário Camboriú

Ruas em várias cidades da região de Balneário Camboriú ficaram alagadas na noite de domingo (13) por conta das fortes chuvas que atingiram os municípios.

Balenário Camboriú

Segundo a prefeitura de Balenário Camboriú, até as 23h choveu 65 mm. Durante todo mês de dezembro choveu 110mm. O levantamento parcial da Defesa Civil registrou 45 ocorrências. A maioria delas, de ruas alagadas.

O prefeito Fabrício Oliveira, acompanhado do secretário de Obras, Osmar Nunes Filho, Mazoca, percorreu os bairros da cidade para verificar a situação.
Segundo o diretor da Defesa Civil, Fabricio Melo, os casos que exigiram mais atenção foram os que envolveram deslizamento de terra. No Bairro Nova Esperança, na Pedra Branca, um veículo chegou a ser atingido por um desmoronamento de terra e a família foi orientada a deixar o imóvel temporariamente.

Na esquina da Rua São Paulo com Avenida do Estado, houve a retirada de pessoas de um veículo que estava ilhado. O mesmo resgate teve que ser feito em um veículo na Islândia com Avenida do Estado. Na Avenida Atlântica, o telhado de uma casa de entretenimento desmoronou, mas ninguém se machucou.

Foi registrado outro deslizamento de terra na Rua Noruega. Um trecho do muro da prefeitura cedeu. O trânsito ficou lento em várias ruas centrais. O Bairro dos Estados foi um dos mais afetados, principalmente em frente a Rodoviária, onde a água chegou quase no teto de um veículo.

Um veículo caiu num buraco na Marginal com a Rua Campoerê, mas não há vítima. Algumas casas ficaram alagadas. O corpo de Bombeiros recebeu 109 ligações telefônicas.

“O Grupo de Respostas a Ações Coordenadas (Grac), que integra várias secretarias municipais e serviços de segurança está de plantão. Nenhuma família necessitou de alojamento até o momento. Caso isso ocorra, o ginásio da Barra está pronto para receber”, informou o prefeito Fabricio Oliveira. Vários pontos da cidade ficaram sem luz, entre eles, Parque Bandeirantes, Iate Clube, Barra, Vila Real e Taquaras, Barra Sul.

O trânsito

Devido algumas vias estarem alagadas na cidade os Agentes de Trânsito estão auxiliando os condutores. Na Avenida do Estado sentido Avenida das Flores há um desvio para a 4ª Avenida. Também foi fechado o acesso da 4ª Avenida pela Alvin Bauer. A Avenida Atlântica está sendo desviada na Avenida Osmar de Souza Nunes.

Quem busca a Estada da Rainha pela Rua Rui Barbosa deve seguir pela Avenida Carlos Drummond de Andrade até a Avenida do Estado. E a Rua Miguel Matte, a região do Balneário Shopping, a Avenida Santa Catarina com Rua Acre, Rua São Paulo com Rua Amapá e algumas partes da Avenidas Brasil e Atlântica estão intransitáveis.

A recomendação dos Agentes de Trânsito aos condutores é que se possível esperem a chuva passar para transitar nas vias e quem está em casa não sair com veículos nas próximas horas.

Itajaí

A Defesa Civil de Itajaí informou que choveu neste fim de semana aproximadamente 100 milímetros, o que provocou alagamentos pontuais em algumas ruas do município. De acordo com o órgão, a quantidade de chuva, nestes dois dias, é quase a metade esperada para o mês.

A Defesa Civil monitora a situação e pede que os moradores liguem, em caso de emergência, para o número 199.

Veja algumas fotos e videos que circulam pelas redes sociais e que mostram os alagamentos nas cidades.

 

 

Comente com Facebook